Lançamentos 2022: confira previsão dos carros que chegam no Brasil

SUVs dominam a lista que conta também com muitos modelos reestilizados

 

A vida ainda não voltou ao normal, isso é fato. Já os lançamentos devem seguir normalmente no segundo semestre de 2021. Até dezembro, a estimativa é que o Brasil receba mais de 15 novos modelos de carros. Os SUVs dominam a lista, mas a promessa é também de muitas reestilizações, motores turbos, novas gerações de sedãs e hatches conhecidos, produtos inéditos, esportivos e eletrificados.

Se por um lado a indústria automobilística sobrevive em meio a crise com um bom número de emplacamentos, por outro lado enfrenta dificuldades como a falta de matérias-primas e aumento nos custos, como energia elétrica, causando atraso nas entregas e no país. O impacto é maior na produção que sofre com filas de espera e aumento descabido nos preços dos veículos.

Mas os novos modelos prometem e devem chegar entre o final de 2021 e começo de 2022. Não é uma lista definitiva, porém não custa dar uma olhadinha e, quem sabe, fazer planos para trocar de carro, não é mesmo?! Entre os lançamentos no Brasil no segundo semestre destacamos três deles.

 

Confira três destaques entre as novidades para 2022

 

Fiat Strada

Em primeiro lugar, trazemos a nova Fiat Strada, que terá a inédita configuração 1.3 automática e deve chegar entre julho e agosto. Essa nova versão terá duas opções: Freedom e Volcano Cabine Dupla, além de uma nova variante de topo chamada Ranch. O modelo 2022 também ganhará uma nova versão de entrada, a Working, cabine plus e 1.4 fire flex. Carro modesto em equipamentos, voltado para o trabalho e com capacidade de carga oficial de 770kg. O uso do câmbio automático do tipo CVT na linha Strada é outra novidade da marca italiana.

 

Honda City Sedã

Assim como a Fiat Strada, o novo Honda City vem cheio de novidades. Sem dúvidas, é uma nova fase da marca japonesa em solo brasileiro. A nova versão terá um motor 1.5 aspirado flex com injeção direta e potência entre 130 e 150 cv, aliado a câmbio manual ou CVT. O modelo, que faz parte da terceira geração do sedã da Honda, já foi lançado na Tailândia. Agora, será produzido no Brasil e sua chegada é prevista para outubro.

O carro ficou ainda maior no comprimento em relação ao anterior, com 11 cm a mais (4,55 metros) e 5,3 cm na largura (1,75 m). A altura também mudou, diminuindo 2,8 cm, ficando com 1,47 m. No capô está a maior (e melhor) novidade: o novo motor três-cilindros 1.0 turbo flex, que também será feito aqui, vai atuar com um câmbio CVT com sete marchas simuladas. E aí, curtiu?

 

Chevrolet S10 Z71

Agora, para quem namora as picapes, a Chevrolet S10 Z71 chega com uma cara mais esportiva. Ainda é segredo o visual dessa cabine, mas é provável que o câmbio será o famoso automático de seis marchas de fabricação própria. Uma versão inédita com visual aventureiro e suspensão mais robusta. O modelo tem previsão de chegada para o último trimestre.

Segundo informações do site americano GM Authority, o novo modelo ganhará uma versão com pegada off-road e afirma que a fabricante já está desenvolvendo uma versão chamada de Z71 para a S10. Sem dúvidas, é uma forma de resposta contra as concorrentes Ford Ranger Storm e Nissan Frontier Attack, que possuem um visual mais urbano, fora de estrada, com um bom conjunto de equipamentos.

 

Portanto, como citamos acima, todos esses modelos ainda são incertos. Alguns podem até serem descartados pelos fabricantes. Mas vamos torcer para que, em breve, essas novas máquinas estejam rodando em solo brasileiro.