Carros elétricos, conheça os prós e contras!

A Volvo apresentou ao mundo essa semana o C40, o seu mais novo modelo de SUV que vem no “estilo cupê” e terá suas versões 100% elétricas. Isso faz parte da estratégia da marca em se integrar ao plano de ter exclusivamente carros elétricos a venda até 2030. A produção do modelo em larga escala começará no inicio do ultimo trimestre na Europa, mas ainda não existe uma previsão de chegada do C40 aqui no Brasil.

 

E assim como a Volvo, outras marcas estão de olho e se preparando para se adequar ao novo projeto de lei 304/2017, que a partir de primeiro de janeiro de 2030 estará proibida a venda de carros movidos a combustíveis fósseis como gasolina, diesel e GNV (gás natural). E indo um pouco mais a fundo nesse projeto de lei, a partir de 2040 será proibida a circulação de carros com motores a combustão.

Segundo o senador que elaborou o projeto, a justificativa é que “se nada for feito, as mudanças climáticas resultarão em grandes tragédias, como inundação de cidades litorâneas pelo mar e o consequente deslocamento de grandes quantidades de pessoas”.

 

Mas será que os carros elétricos realmente farão diferença?  Vamos entender os prós e contras, e até onde é possível esse caminho dentro da realidade do Brasil.

Prós

Redução no consumo de fontes fósseis 

Não sei se todo mundo sabe, mas as fontes fósseis são esgotáveis; então automaticamente os modelos elétricos como os híbridos plug-in (com tomada para recarga e motor a combustão de apoio) diminuem a queima de combustíveis de origens fósseis

 

Menos emissão de CO2

Em média a emissão de gás carbônico para a produção de um carro movido a combustão é de 25 toneladas, já a de um carro elétrico é de 18 toneladas.

Carros elétricos, conheça os prós e contras!

Economia em combustível

Com o preço dos combustíveis hoje em dia, saber se um carro é econômico ou não é fundamental para o motorista decidir se vai comprar; E nesse quesito, os carros elétricos estão muito bem! O custo para “encher o tanque” de um carro elétrico pode sair 80% mais barato em comparação com a gasolina.

 

Menos Manutenção

Não levando em conta o “coração” do carro que é justamente a bateria com grande composição de lítio, o custo da manutenção preventiva nas outras peças, como a suspensão por exemplo, pode sair muito mais baratas no carro elétrico (dependendo do modelo).

 

Brasil tem energia elétrica verde

A energia elétrica depende da sua matriz, e nesse quesito O Brasil está muito bem. De acordo com dados do governo federal, 83% das fontes são de origens renováveis e as mais utilizadas são; hidrelétricas, eólicas, biomassa, solar e biogás.

Carros elétricos, conheça os prós e contras!

Contras

Altos preços vão elitizar os veículos particulares

Atualmente o valor dos automóveis elétricos iniciam seus preços a partir de 100 mil reais. Partindo disso uma triste realidade acontece, mesmo com o mercado de carros populares e credito facilitado abrindo uma janela para que pessoas com baixa renda possam comprar seus veículos, ainda assim não é tão fácil adquirir um carro elétrico justamente por conta do seu alto valor. Então os carros elétricos vão demorar alguns anos para terem modelos mais compactos e acessíveis

 

Uma grade geração de resíduos

Nessa lei, está determinado que a partir de 2040 carros a gasolina não poderão circular mais, ou seja, para compensar isso será necessário uma alta produção dos carros elétricos para “preencher essa lacuna”, e isso vai gerar mais resíduos em sua produção. E outra preocupação em questão é como os carros a gasolina serão “descartados”?

Carros elétricos, conheça os prós e contras!

Ficar sem carga

Atualmente existe cerca de 45 mil carros elétricos e híbridos em circulação no Brasil, e existe apenas 1200 estruturas para recarga e em sua maioria de recarga lenta. Os pontos de “fast charge” que podem recarregar o veículo em até 15 minutos contam com cerca de 100 pontos em todo território nacional.

Carros usados se tornaram descartáveis

A bateria dos carros elétricos tem uma garantia de 8 anos, e o seu reparo chega a custar até 60% do valor do veículo. É isso mesmo 60% do valor do veículo! Mas o que se faz então depois desses 8 anos de vida útil da bateria? Ainda não existe uma solução para esse problema de custo alto para tornar a bateria boa novamente, e isso acaba gerando uma tremenda dor de cabeça para o motorista.

 

Bateria de lítio, uma faca de dois gumes

A extração do lítio, principal componente das baterias dos carros elétricos, não é algo que possamos chamar de “energia verde”. 52% das reservas mundiais deste elemento pertencem ao Chile, porém, a sua extração tem causado impactos no meio e ambiente e proporcionado danos irreversíveis ao deserto do Atacama. Além disso, reciclar uma bateria de lítio é uma tarefa árdua, e não existe uma estratégia durante a sua produção para que faça ela ser reaproveitada facilmente.

Carros elétricos, conheça os prós e contras!

Num modo geral, mesmo com essa lista de pros e contras já e necessário o motorista ir se preparando para essa mudança, mas é primordial também as fabricantes pensarem em soluções para que os valores do carros elétricos se tornem mais acessíveis e principalmente soluções para os problemas de bateria.