Saiba a hora certa de trocar e como evitar o desgaste prematuro.

O sistema de embreagem tem como principal função unir o eixo que movimenta as rodas com o eixo que movimenta o motor e transmitir a força produzida para a caixa de câmbio.

Engana-se quem pensa que embreagem é apenas uma peça, na verdade, a embreagem é um sistema composto pelo platô, disco e pelo rolamento.

A função do disco de platô é unir o disco de embreagem ao volante do motor, tirando o carro da inercia.

A troca desta peça exige muito cuidado, pois se trata de um dos componentes vitais do sistema de transmissão do veículo.

Por sua vez, o disco de embreagem é responsável por interligar o motor, o platô e o câmbio, garantindo o atrito entre os componentes.

Já o rolamento é o responsável por empurrar o platô, pressionando o centro da mola membrana, liberando o disco de embreagem e interrompendo o envio da rotação do motor para a caixa de câmbio.

Embreagem como funciona

Este sistema dura uma média de 40 mil a 60 mil quilômetros, e a forma como o motorista conduz o veículo pode causar um impacto significativo na sua vida útil.

Realizar as revisões durante esse período é extremamente importante, mas há uma série de cuidados que o motorista pode tomar no dia a dia para evitar o desgaste prematuro das peças do sistema.

Abaixo, separamos algumas orientações para você, confira.

Embreagem como funciona

Dicas para fazer o uso correto da embreagem

  • Realize as trocas de marchas respeitando a necessidade do veículo;
  • Evite manter a embreagem acionada quando o carro estiver parado, prefira deixar o automóvel em ponto morto, usando apenas o pedal de freio ou o freio de mão;
  • O pedal da embreagem só deve ser utilizado no momento da troca de marchas;
  • Descansar o pé no pedal da embreagem é um péssimo hábito que pode provocar um aquecimento excessivo no sistema e causar o desgaste prematuro das peças;
  • Para sair com o veículo, use sempre a primeira marcha, nunca a segunda;
  • Jamais controle o veículo em uma subida utilizando a embreagem e o freio, em vez disso, opte pelo freio de mão;
  • Por fim, respeite a carga máxima do veículo que foi especificada pelo fabricante.

Quando a embreagem começa a apresentar sinais de falhas, é hora de procurar um profissional de confiança e checar o que está acontecendo.

Normalmente todo o sistema é substituído.

Embreagem como funciona

Fique atento quando perceber:

  • Trepidação ao tirar o pé da embreagem e sair com o carro;
  • O pedal muito baixo ou muito duro e pesado;
  • Dificuldade ao engatar ou trocar de marcha.

Procure sempre respeitar os limites e a necessidades do automóvel, quando notar algum sinal de falha, busque por um centro automotivo especializado.

Assim você evita danos maiores ao sistema e não compromete a segurança do veículo.

Se você gostou deste post, continue acompanhando nossas dicas aqui no blog.