Entenda a diferença entre alinhamento e balanceamento

Você está dirigindo e está sentindo o seu veículo “puxar” para um lado? Isto significa que chegou o momento de fazer o alinhamento e balanceamento. Esses procedimentos são muito importantes para manter a dirigibilidade do carro.

Entretanto, muitos motoristas não sabem a diferença entre o alinhamento e balanceamento.

Continue a leitura para saber mais.

Alinhamento de direção

O que é alinhamento?

Como o próprio nome já sugere, o alinhamento serve para alinhar as rodas, mantendo-as retas em direção ao solo e paralelas entre si. Este serviço é fundamental para manter a dirigibilidade do carro e a segurança na estrada.

Além disso, o alinhamento retarda o desgaste irregular dos pneus, garantindo a vida útil das peças. Outro benefício é a economia do combustível, visto que a roda fica mais tempo em contato com o solo.

O alinhamento deve ser feito quando o carro indica alguns sinais, sendo eles:

  • Carro “puxando” para um lado;
  • Sair com facilidade de uma linha reta em uma superfície plana;
  • Volante fica desalinhado quando está dirigido em uma via reta;
  • Volante não retorna facilmente após uma curva;
  • Desgaste irregular dos pneus.

Balanceamento de rodas

O que é balanceamento?

De forma simplificada, o balanceamento permite que os pneus girem sem provocar vibrações. Este procedimento é importante para equilibrar o conjunto de pneus e rodas do veículo, consequentemente o motorista terá mais conforto durante o seu trajeto.

A falta de balanceamento no veículo provoca alguns aspectos que podem ser notados ao conduzir o carro. Sendo eles:

  • Volante vibrando ao atingir uma determinada velocidade;
  • Banco ou piso vibrando;
  • Barulhos ao alcançar uma certa velocidade.

Qual a diferença entre balanceamento e alinhamento?

A diferença entre os dois serviços é que o alinhamento é feito para ajustar os ângulos dos pneus do carro, enquanto que o balanceamento é responsável pela manutenção das rodas, fazendo com que os pneus girem sem qualquer tipo de vibração.

É muito importante que o condutor não esqueça de fazer essas manutenções quando necessário, visto que possuem finalidades diferentes.

Quando fazer o alinhamento e o balanceamento?

Os fabricantes de automóveis recomendam fazer a verificação do alinhamento e o balanceamento a cada 10 mil quilômetros rodados. Porém, se o carro apresenta alguns sinais que já foram mencionados no texto, chegou a hora de fazer esses serviços.

Além disso, o ideal é sempre checar a situação do veículo quando ocorre batida em obstáculos, ter passado sobre buracos ou trafegar em locais de difícil acesso (áreas com muita lama, pedregulhos, etc…).

O alinhamento e balanceamento deve ser feito juntos?

Muitos motoristas possuem o mesmo questionamento: Sempre que fazer o alinhamento, as rodas necessariamente precisam ser balanceadas? A resposta para essa pergunta é não.

O alinhamento é um serviço que deve ser feito periodicamente, enquanto que o balanceamento só quando apresenta uma manifestação no volante ou de todo o carro trepidando.

Quais os riscos de não fazer o alinhamento e o balanceamento?

O carro que não está com o alinhamento e balanceamento em dia, precisa fazer mais força para entregar um bom desempenho. Consequentemente, isso faz com que as peças geram mais esforço, fazendo com que tenham desgaste. Além disso, o combustível é consumido com maior agilidade.

Podemos concluir que levar o seu carro para a manutenção está poupando futuros prejuízos, evitando que tenha gastos desnecessários/elevados e garantindo a segurança na estrada.

Bono Pneus

A Bono Pneus é a maior rede multimarcas de pneus no modelo franquia. Possuímos mais de 25 anos de experiência e 60 unidades espalhadas pelo Brasil. Aqui, você encontra tudo o que o seu carro necessita em produtos e serviços. Venha para a Bono Pneus.