Multas no trânsito: hábitos comuns que te colocam em risco e você não sabe

Veja se você pratica algum deles no dia a dia e evite futuras infrações

 

No domingo, 25 de julho, comemoramos o Dia do Motorista. Além de comemorar, é preciso pensar também na importância de uma boa conduta ao dirigir, sempre com segurança e com atenção aos cuidados no trânsito. Você sabia que, comer ou beber enquanto dirige, pode gerar multa? Pois é! O motorista deve permanecer com as duas mãos no volante.

E se tem uma correspondência que ninguém quer receber, com certeza, é a do departamento de trânsito notificando infrações no trânsito. Muitos são os motivos das multas conhecidos pelos motoristas, como exceder o limite de velocidade, deixar de manter acesa a luz baixa nas rodovias durante o dia, entre outras.

Mas você sabe todas as atitudes no trânsito que te colocam em risco e acarretam em penalização? Continue lendo que separamos uma lista para você descobrir.

 

 

Infrações são consideradas médias e graves pelo CTB

 

Fumar ao volante é um vício que muitos brasileiros têm. Não é um ato específico passível de multa, pois não consta no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Em contra partida, a multa com gravidade média pode se encaixar no comportamento citado no começo do texto, sendo obrigatório manter as duas mãos no volante, exceto ao dar seta, mudar de marcha e acionar equipamentos do veículo.

Outra infração de trânsito com gravidade média e multa de R$130,16 prevista no CTB é jogar lixo pela janela. Uma atitude feia que muitos ainda insistem em repetir, demonstrando completa falta de educação, respeito e mau exemplo.

Sabe aquele amigo ou parente que pega carona com você e não gosta de usar o cinto de segurança? Quando você for multado, mande a conta para ele pagar. Afinal, passageiro que não usa o equipamento de segurança é motivo de canetada no prontuário, multa grave de R$195,23 e cinco pontos. O mesmo serve para condutores que também se recusam a usar o cinto.

Estacionar em esquina e em cima da calçada estão entre outros exemplos de multa que nem todos os motoristas sabem. A calçada é uma via segura para pedestres, e estacionar em cima dessa passagem é considerada uma infração grave com multa no valor de R$195,23, cinco pontos na carteira e remoção do veículo.

Já a multa para quem estaciona em esquina é menor, com valor de R$130,16 e quatro pontos na CNH, sendo infração média. E aí, você sabia de todas essas atitudes que podem ocasionar multa no trânsito? Fique atento e valorize a sua segurança e a dos demais condutores e pedestres.