Quando fazer a limpeza do sistema de injeção?

Como o próprio nome já sugere, a limpeza do sistema de injeção possui o objetivo de eliminar todos os resíduos no motor. Essa impureza é o resultado da má qualidade do combustível (adulterado ou contaminado).

Apesar deste serviço ser essencial para aumentar o desempenho do carro, muitos condutores possuem dúvidas sobre quando fazer a limpeza do sistema de injeção, visto que é comum “empurrar” esse procedimento quando o veículo está funcionando perfeitamente.

Você tem perguntas sobre quando realizar esta higienização? Não precisa se preocupar. Continue a leitura e saiba tudo sobre a limpeza do sistema de injeção.

Por que fazer a limpeza do sistema de injeção?

A limpeza do sistema de injeção possui uma série de benefícios, dentre alguns estão: recuperação da potência do carro, aumento da vida útil das peças do motor, redução no consumo do combustível e diminuição na emissão de poluentes.

Caso você esteja se perguntando: O que causa a poluição no motor? A resposta para essa dúvida é simples. Quando o combustível colocado no automóvel não é de boa qualidade, ele deixa resíduo no motor (conhecido também como “borra”) fazendo com que a injeção de combustível seja alterada.

Quando fazer a limpeza do sistema de injeção?

Quando fazer a limpeza do sistema de injeção?

É importante mencionar que a limpeza do sistema de injeção somente deve ser feita quando o carro demostra que está com algum problema. Ou seja, não é recomendado fazer a higienização de forma constante (sem necessidade), essa atitude prejudica o sistema. A manutenção somente deve ser realizada quando existir um grande acúmulo de sujeira.

O carro dá alguns sinais que chegou o momento de fazer a limpeza do sistema de injeção. Sendo os mais comuns:

  • Dificuldade na partida;
  • Falhas na aceleração;
  • Perda de potência;
  • Erro ao colocar no ponto morto;
  • Aumento no consumo de combustível.

A troca do filtro de gasolina de acordo com a indicação do fabricante é importante para que a sujeira não chegue nos bicos injetores. Lembrando que o filtro deve ser substituído a cada 10 mil quilômetros rodados.

A detecção de impureza é realizada por aparelhos e testes específicos, porém o aviso de contaminação pode ser feito por um aviso no painel do carro (um símbolo de injeção acesa). O problema é facilmente evitado com algumas atitudes simples. Veja abaixo:

  • Trocar o filtro de combustível dentro do prazo definido;
  • Abastecer em lugares confiáveis;
  • Optar pelo uso de combustível aditivado (álcool ou gasolina), visto que essas substâncias promovem a remoção de resíduos do sistema de injeção.

Como é feita a limpeza do sistema de injeção?

Existem duas formas de realizar a limpeza: na máquina de limpeza de bicos através de um ultrassom ou a aplicação de um produto específico.

Na limpeza realizada por ultrassom é feita a remoção da caixa do filtro de ar, mangueira e chicotes. Após todos esses procedimentos, as válvulas injetoras também são retiradas da flauta do carro e são colocadas na flauta da máquina da limpeza.

Depois é colocada a solução de limpeza na máquina através do ultrassom. Ele faz com que as partículas contidas nas válvulas se soltem por conta da alta frequência das vibrações do aparelho. Por último, as válvulas são novamente colocadas na flauta do carro.

Já a limpeza do sistema de injeção é mais simples. O produto é aplicado na flauta do veículo e em seguida o motor do carro é ligado, essa solução faz com que a goma que se encontra no bico injetor seja diluída.

Bono Pneus

A Bono Pneus atua a mais de 25 anos no mercado automobilístico no Brasil, sendo referência quando o assunto é rede multimarca de pneus no modelo franquia. Conte com profissionais qualificados para realizar a limpeza de injeção eletrônica.