O futuro é elétrico, Conheça o Kwid elétrico

Dacia Spring Eletric, a versão 100% elétrica do Renaut Kwid, pode vir ao Brasil em 2022 com a promessa de ser um dos carros elétricos mais baratos do mercado automotivo.

 

Já está sendo vendido na Europa o novo Dacia Spring Eletric, a versão 100% elétrica do Renaut Kwid, e com o preço em torno de 12.400 – 16.990 euros já cumpre a promessa de ser o carro elétrico mais barato do mercado, pelo menos lá pelas terras europeias. Um carro que tem tudo para cair no gosto do consumidor, já que em suas versões de entrada (Comfort), já possui ar-condicionado de série, e com apenas um pouco mais de investimento na categoria (Comfort Plus), é adicionado uma tela sensível ao toque na parte central do painel além de uma pintura metálica com apliques externos alaranjados, ai os preços “sobem” para em torno de 13.500 – 18.490 Euros, ainda assim mantem seu posto como um dos carros mais baratos.

 

 

Desemprenho do Kwid

O Kwid tem um desempenho surpreendente, com um motor de 45CV (33kW) de potência, e um torque de 12,7KGFM ele supera a maioria dos 1.0 aspirados disponíveis no mercado. Alimentado por uma bateria de 26,8KWh, que seria o suficiente para uma autonomia de 225km com carga padrão WLTP, e ainda rodando exclusivamente em trecho urbano esse desempenho sobre para 295km, e com uma velocidade máxima de 125km/h

Apenas 125km/h? Mas isso é lento demais!!! 

De fato! Segundo a Dacia, esse novo modelo demora cerca de 19,1 segundos para chegar aos 100 km/h. Mas nós podemos outro fato aqui; será praticamente impossível você ser multado na maioria das estradas brasileiras, já que nenhuma estrada brasileira possui limite de velocidade maior que 120 km/h. E de acordo com a legislação, os radares tem uma tolerância de 7km/h (Até 100km/h) ou 7% (acima de 100km/h) para determinar a velocidade real do veículo. Ou seja, mesmo que você atingisse a velocidade máxima com o Kwid, a multa nunca chegaria porque você estaria dentro da margem de tolerância.

Acho que ser “lento” nem sempre é algo ruim né?

 

O Kwid possui uma batera relativamente pequena, e por isso é possível recuperar cerca de 80% da carga em apenas 30 minutos, se conectado a uma estação de 30 kW em corrente contínua. Usando uma corrente alternada, é possível atingir uma potência de 7,5 kW, permitindo atingir uma carga de 100% em menos de 5 horas.

 

 

Por enquanto o Kwid elétrico está restrito somente no mercado Europeu e também na Ásia. Segundo a Renault aqui no Brasil, terão dois modelos disponíveis para venda a partir do próximo ano. O primeiro será o novo Renault Zoe e o Segundo será essa linha que falamos aqui, o Kwid elétrico. Mas infelizmente, essa realidade de “Carro elétrico mais barato” vai ficar somente fora do Brasil, porque por aqui dificilmente ele será vendido abaixo dos R$100 mil, claro que se comparado a outros modelos elétricos que serão lançados no próximo ano realmente será o carro elétrico mais barato; mas será que realmente vai se tornar um “carro popular”? Vamos aguardar os próximos episódios

A Bono Pneus comunica ao seus clientes que nenhuma de nossas lojas realiza venda de pneus online, portanto qualquer atividade de venda online com o nome Bono Pneus não pertence a nossa marca. Fique atento para não cair em nenhum golpe.